Em meio a um turbilhão de informações e cada vez em velocidades maiores, deixar a sua marca no mercado é essencial para ser reconhecido e identificado pelo seu trabalho. O marketing pessoal feito na medida certa pode trazer benefícios para a carreira, porém de forma exagerado e incorreto pode acarretar danos no âmbito profissional.

Não basta apenas fazer seu trabalho bem feito e esperar que ele seja visto pelos demais, promover a sua marca pessoal e o seu nome fazem parte do marketing, falar sobre as realizações é tão importante quanto o próprio trabalho. É isso que o Presidente dos EUA Barack Obama pensa e adere ao seu sistema de governo, de acordo com o jornal americano The New York Times, onde a Autoridade Máxima Americana deu uma entrevista.



Mas não são todos os profissionais comuns que têm a assessoria da Casa Branca ao lado não é?! Então saber fazer um marketing pessoal também é importante para dar resultados para a carreira em marketing digital. É fácil encontrar quem exagere nas qualidades ao falar de si mesmo, bem como, também é fácil encontrar aquele que não promove as suas realizações, seja dentro ou fora da empresa. O marketing pessoal tem que ser feito na medida certa!

O primeiro passo de um marketing pessoal eficiente, segundo a Revista Você S/A é fazer duas perguntas: “Quais os seus pontos fortes?” e “Como você é visto por seus colegas de trabalho?” Depois de entender como você é visto profissionalmente, o próximo passo é perguntar: “Como você gostaria de ser visto?” Depois, ressaltar os seus diferenciais, e por fim, provar quais são as suas qualidades.

Vale ressaltar que ninguém gosta de quem fique se gabando por aí. Então sem exageros ok?!

 

REFORCE SEU MARKETING PESSOAL

Ainda segundo a revista Você S/A existem cinco passos importantes para você investir no seu marketing pessoal e reforçar o seu nome no mercado, ou seja, a sua marca e o seu trabalho. Os cinco passos são:

• Trace um objetivo: Defina o que você quer almejar e os conhecimentos e habilidades que você precisa ter para alcançar esse objetivo.

• Explore suas vantagens: Pense nas características que fazem de você um profissional diferenciado no mercado. A dica é vasculhar experiências de vida que fazem de você um ser inimitável.

• Invente uma história: Para fortalecer sua marca, você precisa bolar uma maneira de como contar sua história para as pessoas, com base em sua carreira, história real.

• Lance sua marca no mercado: Comece a se reapresentar aos profissionais através de e-mail, encontros e mídias sociais, para que eles não deixem de notar o seu trabalho ou para que não fiquem desatualizados em relação a ele.

• Prove seu valor: Desenvolva uma maneira de mostrar a qualidade de seu trabalho para os outros. O trabalho bem feito é mais forte que a palavra, é a parte concreta do marketing pessoal. Uma maneira simples de fazer isso é utilizar sites pessoais e redes sociais que mostrem seu portfólio e destaques do seu currículo.

marketing-pessoal

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Marketing pessoal nas redes sociais

Totalmente presente no mercado dos negócios as mídias sociais são um dos principais canais de comunicação e marketing entre empresa e cliente, funcionário e empresa, empresários procurando novos funcionários, celebridades e fãs e pessoas comuns se comunicando e compartilhando informações entre si. É a partir dessa imensidão de informações compartilhadas que devemos nos promover, e nos fazer seres notáveis dentro das redes.

Porém não é apenas criando perfis aleatórios que você estará elevando seu marketing. Para que ele funcione de maneira eficiente é preciso de um planejamento. Um dos grandes segredos do marketing pessoal nas redes sociais é que as suas ações são potencializadas através da grande integração desses canais e por isso o planejamento é tão necessário.

Antes de criar qualquer perfil você deve escolher em qual mídia social quer entrar, a partir do seu público alvo, do padrão de utilização dessas redes, assuntos conversados em cada um destes canais e como você vai colaborar para o enriquecimento dessas discussões compartilhadas lá, ou seja, ter conteúdo para acrescentar nas mídias sociais e não ser só mais um expectador da conversa.

Depois de analisar estes pontos é hora de criar o perfil. É importante colocar no seu perfil uma foto legal e informações sobre você, afinal quando as pessoas procuram algo nas redes sociais elas buscam maiores informações, também é necessária a customização minuciosa do seu perfil, isso é visto como um sinal de capricho e dedicação. Sem esquecer-se de antes de tudo isso CONHECER a rede social que você está inserido, bem como, as suas ferramentas. Ficar perdido sobre linguagem e funções que você poderia estar usando para melhorar o seu relacionamento não é legal!

 

plano-marketing-pessoal-redes-sociais

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Facebook

É importante prestar atenção nos comentários que você faz no Facebook e os grupos em que você participa. Isso não quer dizer se privar de participar de algum grupo específico por conta do que os outros vão pensar, mas os grupos em que você está inserido refletem o que você gosta, um pouco da sua personalidade e o seu network, bem como os comentários que você faz.

Evitar comentários agressivos e de baixo calão é uma boa maneira de elevar o seu marketing pessoal. Entrar em discussões interessantes sobre assuntos do momento de diversos temas, desde coisas banais até política e economia mostra que você gosta de engajar e se interessa por assuntos diversos e os conhece, na medida do possível.

O conteúdo postado é muito relevante no seu perfil do Facebook. É ele o principal responsável por mostrar quem você é e por que se interessa, é necessário que você poste conteúdo que interesse as pessoas, que elas possam compartilhar e discutir com você. O que você curte também tem relevância, ao você criar um planejamento de marketing pessoal você não pode sair curtindo tudo o que você ver pela frente.

As fotos são ponto fraco no seu marketing pessoal, o que você diz é bem mais importante do que a sua aparência. A não ser que suas fotos sejam totalmente fora do padrão. Apesar de não ser tão relevante é sempre bom ter uma foto boa no perfil, ela é a porta de entrada na sua rede social.

LinkedIn

Assim como o Facebook, no LinkedIn os grupos e o conteúdo das postagens são os mais relevantes para alavancar o seu marketing pessoal. Grupos dentro da sua área de atuação profissional e mais técnicos são mais bem vistos que aqueles que são apenas de amizade, sem preocupação profissional. Eles também funcionam como uma ferramenta para aproximação de profissionais.

Em relação ao conteúdo, é importante prestar atenção na qualidade dos textos, erros de ortografia e concordância também contam pontos na hora de analisar a sua marca. Também soma pontos para você a relevância do conteúdo que você posta, em outras palavras, se você só posta “asneiras” você pode ser considerada uma pessoa desinteressante.

Outro ponto relevante no LinkedIn são as suas conexões, ou seja, com quem você mantém contato na rede, isso dá um panorama do nível de influência que o profissional tem em sua área de atuação. Por isso em vez da quantidade de amigos priorize a qualidade daqueles usuários. Esta é a plataforma mais utilizada pelos recrutadores na hora de contratar funcionários., então manter contatos com diretores de empresas da sua área de atuação, com  especialistas, etc, também é interessante.

Twitter

No Twitter, o conteúdo é o mais importante e funciona da mesma forma como nas outras redes sociais. A relevância do que você posta conta diretamente no seu marketing pessoal.

Atualmente, as redes sociais são muito utilizadas pelos recrutadores em busca de novos funcionários para as empresas, por isso o planejamento do marketing pessoal nessas redes é tão importante e necessário. A empresa Bullhorn Reach  fez uma pesquisa relacionada a este assunto e concluiu a forte presença do LinkedIn para os recrutadores e o grande crescimento do Facebook neste cenário.

como-recrutadores-usam-redes-sociais

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: Quartel Digital

Related Posts


Olá, mundo!

Bem-vindo ao WordPress. Esse é o seu primeiro post. Edite-o ou exclua-o, e então comece a escrever!

05.05.2017

Discutindo habilidades e pautas

Sábado gelado. Fim de semestre. Época de correria. Rouquidão. Acordar cedo. Ter até que pegar um avião. Dez horas de trabalho intenso. Nada disso detêm quem tem paixão pelo que faz. E foi essa paixão que reuniu um grupo de 20 pessoas dispostas a pensar, compartilhar experiência, rever conceitos, conhecer novas pessoas, olhar para sua […]

01.06.2014

III Jornalismo sem Fronteiras

O programa Jornalismo sem Fronteiras, que está na 3ª edição, vai permitir aos participantes passar 7 dias como enviado especial em Buenos Aires. Com tudo o que isso significa: descobrir a cidade, as fontes, as pautas e produzir matérias. Além disso, os participantes têm a oportunidade de conversar com alguns renomados jornalistas que contam um […]

16.04.2014

Comments


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *